Perigo Invisível

O que é material particulado (do inglês particulate matter - PM) e como ele fica no ar?

A sigla PM significa material particulado (também chamado de poluição por partículas) e se refere a uma mistura de partículas sólidas e gotículas de líquido encontradas no ar. Algumas partículas como poeira, sujeira, fuligem ou fumaça são grandes ou escuras o suficiente para serem vistas a olho nu. Outras são tão pequenas que só podem ser detectadas usando um microscópio eletrônico.

A poluição por partículas inclui:

PM10: partículas inaláveis com diâmetros de geralmente 10 micrômetros ou menores, como poeira, pólen, mofos e fungos, etc.

PM2.5: partículas finas inaláveis, com diâmetros de geralmente 2.5 micrômetros ou menores como compostos orgânicos, metais e outros.

PM1: partículas finas inaláveis, com diâmetros de geralmente 1 micrômetro ou menor como fumaça, fuligem, vírus e bactérias.

Quão pequeno é 2,5 micrômetros?

Pense em um único cabelo da sua cabeça. O cabelo humano médio tem cerca de 70 micrômetros de diâmetro - o que o torna 30 vezes maior que a maior partícula fina, conforme ilustrado abaixo:

Comparações de tamanho para partículas PM

Fontes de PM

Estas partículas aparecem em vários tamanhos e formas e podem ser compostas por centenas de diferentes elementos químicos. Alguns são emitidos diretamente de uma fonte, como construções civis, estradas não pavimentadas, campos, chaminés ou incêndios. A maioria das partículas se forma na atmosfera como resultado de reações complexas de compostos químicos, como dióxido de enxofre e óxidos de nitrogênio, que são poluentes emitidos por usinas de energia, indústrias e automóveis.

Outras partículas, como aquelas proveniente de mofos e bolores (fungos) se desenvolvem em ambientes quentes, úmidos e pouco ventilados, ou seja, quase todos os ambientes fechados.

Quais são os efeitos nocivos do PM?

O material particulado contém sólidos microscópicos ou gotículas líquidas tão pequenas que podem ser inaladas e causar sérios problemas de saúde. Algumas partículas com menos de 10 micrômetros de diâmetro podem entrar profundamente nos pulmões, podendo alcançar até mesmo a corrente sanguínea.

As partículas com menos de 2.5 micrômetros de diâmetro, também conhecidas como partículas finas ou PM2.5, representam o maior risco para a saúde, pois ao serem inaladas podem desencadear reações alérgicas, rinite, sinusite, asma e problemas respiratórios em geral.

O Sterilair elimina esse material particulado do ambiente, reduzindo o contato das pessoas que ali vivem com esses poluentes microscópicos, amenizando as crises alérgicas e muitas vezes acabando de vez com os problemas respiratórios.